O sistema de ar condicionado certo para a sua casa

O isolamento das habitações nem sempre é o suficiente para manter uma temperatura ambiente estável e agradável no seu interior. Para obter essa temperatura desejada pode precisar de ar condicionado. Mas como saber qual o aparelho mais indicado?

Se está a ponderar pela primeira vez colocar um sistema de ar condicionado na sua habitação, então já se deve ter questionado acerca do impacto que este terá na economia doméstica, no conforto habitacional e — esperamos — no impacto ambiental.

A resposta a todas essas questões depende de alguns fatores.

Local da instalação

A primeira consideração a ter quando decide colocar um sistema de ar condicionado na sua habitação é o número de divisões que pretende refrigerar e/ou aquecer e a respetiva área de cada uma.

Pré-instalação de condutas de climatização

Tem condutas de ar condicionado pré-instaladas na sua habitação? Essa instalação é feita normalmente quando a casa está a ser construída, para precaver a vontade futura de ter ar condicionado. Para verificar basta simplesmente identificar a existência de teto falso e grelhas na parede.

É um sistema invisível e silencioso, que faz o ar circular por uma rede de condutas, ocultas no teto falso, e sai pelas grelhas de cada divisão que quer climatizar.

Inclui uma unidade interior, uma exterior e um sistema de condutas ocultas no teto falso da habitação que levam o ar até às divisões, de onde sai e espalha-se através das grelhas. Com um só aparelho (uma unidade interior e outra exterior) é possível climatizar todas as divisões da casa à temperatura escolhida.

A pré-instalação é necessária para ter ar condicionado fixo.

Cálculo de BTU

A unidade de medida que determina a potência de um ar condicionado é o BTU (British thermal unit ou unidade térmica britânica). Para cada metro quadrado são necessários 200 BTU’s para que o sistema seja eficaz.

Portanto, como já deve ter percebido, quanto maior a área onde tem o aparelho de ar condicionado, maior a quantidade de BTU’s necessários.

 

Através deste cálculo vai encontrar uma potência ideal aproximada tendo em conta a área que pretenda refrigerar/aquecer.

 

Eficiência do consumo energético

Para além da potência, o consumo energético é um fator fundamental. No entanto, há alguns fatores que influenciam a eficácia energética de refrigeração e que deve ter em conta para otimizar a eficiência do equipamento: a distância entre as divisões e a unidade exterior, a exposição solar das janelas, a existência de câmara de ar no caso de se tratar de um piso superior e o isolamento térmico da sua habitação.

Se tiver dúvidas em relação a algum destes assuntos, o melhor é solicitar a ajuda de um técnico especializado numa loja Radio Popular, para que faça a sua escolha com toda a informação.

 

Aparelho de ar condicionado portátil ou fixo?

A escolha depende, uma vez mais, do número de divisões onde pretende instalar o ar condicionado.

Whirlpool

Se é só para uma, pode escolher entre um ar condicionado fixo ou um portátil. Ambos estão disponíveis em várias potências, pelo que tem fazer os cálculos já referidos. No caso de optar por um portátil, é aconselhável instalar um kit de deslocação de janelas na divisão onde pretende a colocação do aparelho.

Se, por outro lado, é para mais do que uma divisão, então o ar condicionado portátil fica fora de questão. O ar condicionado fixo exige a compra de uma unidade interior em cada divisão que se pretenda refrigerar / aquecer ligada a uma exterior — sendo que a unidade exterior pode suportar até cinco interiores.

 

A soma total da potência das unidades interiores não deve exceder a potência da exterior. Se isso acontecer, quando o sistema estiver a climatizar duas ou mais divisões em simultâneo as potências das unidades interiores serão distribuídas entre si.

 

As vantagens de ter um sistema de ar condicionado

Um bom aparelho de ar condicionado traz um grande conforto à sua habitação. O que se calhar não sabia é que também traz inúmeros benefícios para a saúde.

Os aparelhos são cada vez mais silenciosos e eficientes. Se quiser melhorar a qualidade do ar em ambientes secos, húmidos ou com muita poluição, pode usar humidificadores, desumidificadores e purificadores.

Whirlpool

Para o ajudar a criar um ambiente confortável, damos-lhe algumas dicas: durante o inverno, deve manter a temperatura entre os 18° e os 21° graus; já no verão, basta estar entre 24° e 28°; o grau de humidade convém manter-se entre os 40% e os 60%; a circulação do ar é mais eficiente se for uniforme e a uma velocidade adequada; os filtros e os purificadores eliminam ácaros e bactérias, contribuindo para melhorar a qualidade do ar.

É importante que saiba que os aparelhos de ar condicionado se desligam automaticamente quando atingem a temperatura programada. Aparelhos mais potentes não significam, necessariamente, que o gasto em consumo será maior, apenas que alcançará mais rapidamente a temperatura desejada.

// RPT

DEIXE UMA RESPOSTA

Envie o seu comentário
Indique por favor o seu nome