Organizar o frigorífico é manter os alimentos frescos mais tempo

Frigorífico Samsung

Para além de saber a forma mais adequada de limpar o frigorífico, é igualmente importante que o saiba organizar. Ganhar determinados hábitos de organização é meio caminho andado e saber o melhor local para armazenar determinados alimentos está apenas a uma leitura de distância.

A higiene na cozinha é fundamental. De nada adianta lavarmos constantemente a banca, o lavatório ou qualquer outra superfície se não mantemos essa mesma limpeza dentro do frigorífico, onde guardamos os alimentos que vamos consumir.

Como assegurar que as bactérias não se desenvolvem e que os alimentos ficam devidamente conservados? Continue a ler e descubra.

 

Cuidados de prevenção e manutenção frequente

Já ouviu a expressão “as desculpas não se pedem, evitam-se”? Nesse sentido, antes de lhe indicarmos como organizar eficazmente o seu frigorífico, vamos dar-lhe a conhecer algumas ações que pode tentar manter no dia a dia para não chegar a desarrumar o equipamento, para que tenha menos trabalho mais tarde.

Há pequenos gestos que pode adotar como boas práticas de organização. Ao início até pode parecer trabalhoso, mas quando adquirir estes hábitos tornar-se-à natural e verá que compensam o esforço.

O primeiro é só colocar produtos limpos no frigorífico: dentro do seu eletrodoméstico só entram tupperwares limpos, frutas e legumes bem lavados e qualquer tipo de recipiente devidamente higienizado. Caso contrário, qualquer um destes elementos pode transportar bactérias para dentro do seu eletrodoméstico.

Outra dica é que todos os alimentos devem estar dentro de recipientes. Os alimentos não devem estar em contacto direto com as prateleiras ou qualquer outra superfície no interior do frigorífico. ​Se não forem devidamente guardados e selados secam, correndo o risco de desenvolver e transmitir bactérias ​e odores aos outros alimentos.

Assim sendo, coloque-os em embalagens, frascos, tupperwares​ ou qualquer outro tipo de contentores com tampa — se não tiver tampas, opte por selar com película envolvente.

Uma folha de papel de cozinha ​dentro dos recipientes ajuda a absorver a humidade das frutas e dos legumes guardados. Desta forma, estará a prolongar a vida​ dos mesmos.

Resista à tentação de acumular comida como precaução, porque sobrecarregar as prateleiras​ impede a boa circulação do ar e impede o equipamento de manter a temperatura uniformemente distribuída.

A regulação da temperatura tem um papel preponderante na preservação dos alimentos​, pelo que deve evitar abrir e fechar a porta do frigorífico, a não ser por verdadeira necessidade. Esse gesto faz com que o equipamento tenha de trabalhar em esforço para manter a temperatura ideal​ e, assim, consome mais energia. Dentro da mesma linha de pensamento, é importante limpar devidamente o equipamento.

Por fim, sempre que se ausentar de casa durante vários dias​ — se for de férias, por exemplo —, aproveite para esvaziar, desligar e deixar o frigorífico de porta aberta para arejar. Não só poupa energia, como evita que se formem maus cheiros na sua ausência.

 

Organizar o frigorífico

Os frigoríficos são desenhados para armazenamento eficaz dos alimentos. As gavetas e as prateleiras têm determinado tamanho ou espaçamento por algum motivo, não é aleatório.

Para além de saber como o limpar ou a forma mais correta de armazenar os alimentos, há que saber o que se deve guardar e onde, pois há lugares ideais para determinados tipos de alimentos.​ Isso, sim, é saber organizar o eletrodoméstico. Vamos por partes.

O que guardar na porta do frigorífico

Na porta deve armazenar apenas os alimentos mais resistentes às variações de temperatura​ que ocorrem, naturalmente, pelo abrir e fechar do frigorífico. Refrigerantes, sumos, água, vinhos, molhos e ervas aromáticas — as quais devem estar dentro de um copo com água se forem frescas — são bons exemplos do que pode ter neste local.

​O que guardar n​as prateleiras superiores

Os alimentos prontos a consumir, ou que não precisam de ser cozinhados, podem ser colocados nas prateleiras de cima: embalados, restos da refeição do dia anterior, charcutaria, fiambre, queijo, manteiga, leite e outros do mesmo género. O motivo para isso é que é neste local que a temperatura é mais constante.

O que guardar n​as prateleiras inferiores

Carne, peixe, ovos, marisco: este tipo de alimentos ficam melhor conservados se forem guardados nas prateleiras do meio ou inferiores no frigorífico, porque é, regra geral, a parte mais fria do equipamento.

​O que guardar n​as gavetas​

Por fim, as gavetas foram desenhadas para preservar melhor os legumes, a fruta e as hortaliças, pelo que deve guardar aqui estes alimentos.

O que não guardar no frigorífico​​

Por fim, também podemos indicar-lhe quais são os alimentos que dispensam ser guardados no frigorífico. Se não precisam de ser mantidos em refrigeração, para quê ocupar o seu eletrodoméstico desnecessariamente?

Vegetais como a batata, cebolas, alho, tomate, abacate, entre outros, dispensam ser guardados no frigorífico, por exemplo. O mesmo com mel e até manjericão​.

Para além de ocupar espaço que pode ser melhor empregue noutros alimentos, as temperaturas baixas podem acelerar o processo de amadurecimento destes ingredientes. Ou podem absorver cheiros ou até largá-los. Há espaços mais adequados para manter o sabor e a textura destes ingredientes.

 

É fundamental ter um frigorífico organizado

A partir deste momento, manter o frigorífico organizado só depende de si. É certo que este tipo de tarefas nunca parecem apelativas, mas a importância de limpar e organizar este eletrodoméstico regularmente é inquestionável​. A higiene na cozinha nunca foi tão fácil de concretizar.

// RPT

DEIXE UMA RESPOSTA

Envie o seu comentário
Indique por favor o seu nome